Sobre confiar: O sadismo e o masoquismo nosso de cada dia.

Padrão
Sobre confiar: O sadismo e o masoquismo nosso de cada dia.

Aqui a esta hora ( ainda com o céu escuro…. creio que chova em Londrina, o que me detém a caminhada no parque) …. tentando buscar alguma teoria que me proponha pensar respeito daquelas pessoas que quando está indo tudo bem…. melhorando…. vão e buscam algo de 1030 para esfacelar qualquer possibilidade de ter uma vida de entrega e feliz. Quem são essas pessoas? Como vivem? Do que se alimentam? Como se reproduzem?
Certo dia me veio caso desses, e fiquei pensando que talvez elas queiram sabotar a própria felicidade, mas eu, simples adepta e crente do “ sadismo e masoquismo nosso de cada dia”, só posso inferir que há algo de sádico (pois faz o outro sangrar escalpelando aos poucos a crença que o outro tinha que daria certo e seria um dia feliz) e algo de masoquismo elevado ao cubo ( do tipo que precisa ter a culpa como prazer em viver para ser “só” um sofredor , do tipo que responde sempre: Comigo está tudo bem, na intenção de dizer : Estou sempre mal, preciso estar mal)
Enfim, por que não consegue mantê-lo ainda que dentro deste seu funcionamento um pouco mais estável, pensei em convidá-lo a sair da chuva, entregar os pontos e sair do caso. Mas estou intrinsecamente dominada por meu instinto recém despertado de amar, de acolher e entender, aprender, afinal, quem de nós não possui como disse um amigo aqui do blog “uma camiseta com buracos”? Elas são deliciosas, nos causam um bem estar, um rejuvenescimento propulsor e uma tranqüilidade de sermos nós mesmos.Confortáveis com nossos buracos. Concluo que talvez seja este o meu maior “buraco” na camiseta branca amarelada …. mas a única que me faz ser o melhor de mim. Acho que fico mesmo linda com ela …. ainda que me avise que a dieta não pode parar ….. RS Não … não estou de luto…. talvez um pouco triste, hoje é um dia especial para mim….. Mas talvez, não seja eu a não querer mais o caso e sim o outro. Mas não é o que sinto. E hiper sentir é minha maior habilidade no mundo do sadismo e masoquismo nosso de cada dia… sei La….

 

cropped-rosa1.jpg

 

Mas quando o amor está ausente e o pai e a mãe continuam dizendo, “Não faça isso”, e “Faça assim”, aos poucos a criança começa aprender que, “Não sou aceita como sou. Se faço certas coisas, sou amada. Se não faço certas coisas, não sou amada. Se faço algumas outras coisas, sou odiada”.
Assim ele começa a encolher. Seu puro ser não é aceito e amado. O amor é condicional; a confiança é perdida. Então ele nunca será capaz de ter uma bela auto-imagem. Porque são os olhos da mãe que lhe refletem pela primeira vez, e se você puder ver felicidade lá, uma alegria, uma emoção, um grande êxtase apenas lhe observando, você sabe que você é valioso, você sabe que tem um valor intrínseco. Assim é muito fácil confiar, muito fácil render-se, porque você não está assustado. Mas se você souber que está errado, então você está sempre tentando provar que está certo.
As pessoas se tornam controvertidas. Todas as pessoas controvertidas são pessoas que não possuem uma boa imagem de si mesmas. Elas são muito defensivas, muito melindrosas. Se houver alguma pessoa controvertida e você disser que, “Isso você fez errado”, ela imediatamente salta sobre você, fica muito zangada. Ela não pode nem mesmo aceitar uma pequena crítica amistosa. Mas se ela tiver uma boa imagem de si mesma, ela estará pronta para ouvir, pronta para aprender, pronta para respeitar a opinião dos outros. Pode ser que estejam certos, e mesmo que eles estejam certos e ela errada, ela não está preocupada porque isso não importa. Ela permanece boa a seus próprios olhos.
As pessoas são melindrosas. Elas não querem ser criticadas, não querem que alguém as diga para fazer isso, para não fazer aquilo. E essas pessoas pensam que não podem render-se porque elas são muito poderosas. Elas são apenas doentes, neuróticas. Só um homem ou uma mulher poderosa pode render-se – os débeis, nunca. Porque na rendição acham que a fraqueza delas será revelada para o mundo todo.
Portanto se você sentir que é difícil confiar, então você tem que regressar. Você tem que escavar fundo nas suas memórias. Você precisa ir ao seu passado. Você precisa limpar sua mente das impressões do passado. Você deve estar tendo uma grande pilha de lixo de seu passado; descarregue-o. Essa é a chave para fazer isso: se você puder regressar não apenas como memória, mas como um reviver

Preciso confiar tanto, eu quero especialmente ser capaz de confiar em você, e sofro porque não consigo.
(Osho)

As pessoas que confiam nelas mesmas podem confiar nos outros. Pessoas que não confiam em si mesmas não podem confiar em ninguém. A confiança surge da autoconfiança. Se você for desconfiado de si mesmo, então você não pode confiar em mim; você não pode confiar em ninguém. Se você não confia em si mesmo, como pode confiar em sua confiança? Isso vai ser sua confiança. Pode ser que você confie em mim, mas é sua confiança: Você confia em mim e não confia em si mesmo. Então não é uma questão sobre mim, é uma profunda questão sobre você mesmo.

Anúncios

»

  1. “Portanto se você sentir que é difícil confiar, então você tem que regressar. Você tem que escavar fundo nas suas memórias. Você precisa ir ao seu passado. Você precisa limpar sua mente das impressões do passado. Você deve estar tendo uma grande pilha de lixo de seu passado; descarregue-o. Essa é a chave para fazer isso: se você puder regressar não apenas como memória, mas como um reviver”

    Simplesmente maravilhoso seu texto, sem palavras aqui e com os olhos marejados (mais uma vez, rs). É bem isso mesmo…

    Curtido por 1 pessoa

    • Cara… sua sensibilidade é tão tamanha (como creio ser as almas de quem é dado às artes) que me arrepiei …. de fato…. essa é a grande sacada…. sair desse “looping” … sem desculpas…. mas com atitudes…. ahahahaha … nada fácil … pois como falei…. (ousadamente e pretensiosamente) o sadismo e o masoquismo nosso de cada dia…. pode vir a ser uma grande necessidade para alguns….. por ae…..

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s